Guia rápido de como economizar dinheiro depois de grandes gastos

Com o recebimento do 13º salário, muita gente aproveita para comprar presentes, roupas e preparar uma farta ceia de Natal e Ano Novo. Mas essa história nem sempre termina bem: o início do ano seguinte reserva alguns pagamentos, como o IPTU, IPVA e material escolar infantil/juvenil, podendo gerar alguns transtornos no orçamento familiar.

A dúvida que fica é: como economizar dinheiro após as festas de fim de ano? É possível gastar menos e fazer um bom planejamento financeiro? Sim, é possível! Por isso, selecionamos excelentes dicas neste artigo, que vão auxiliar você a se preparar para esse período sem grandes dores de cabeça. Confira!

Como criar bons hábitos financeiros?

Toda mudança de comportamento é complexa. Ela exige autoconhecimento e disciplina, ingredientes igualmente complexos de se conquistar, mas a boa notícia é que a recompensa é proporcional a esse esforço. O primeiro passo pode ser traçar um objetivo que sirva como motivação.

Defina um objetivo

Sabe aquela viagem para a Espanha que você sempre quis fazer, mas nunca levou a ideia adiante? Isso pode ser um dos seus objetivos para economizar. O importante é que ele motive você a pensar 2 ou 3 vezes antes de gastar. O incentivo para comprar está presente com frequência – então, ele precisa de um estímulo contrário para encorajar a se conter e focar em um intuito mais relevante.

Tenha paciência

Novamente: hábitos não são criados da noite para o dia. As ações devem ser repetidas até que se tornem parte da rotina e, então, poderão ser denominadas dessa maneira. Comece devagar! Se você nunca tentou economizar dinheiro antes e começar com metas surreais, a chance de desistir antes de concretiza-las é grande. Seja paciente e realista consigo mesmo.

Seja disciplinado

A disciplina é um dos principais aliados na mudança de hábito. Ela anda lado a lado com a motivação e deve ser exercitada todos os dias. Se você deseja criar uma reserva de emergência, considere seu salário, seus gastos mensais fixos e o que pode ser destinado a essa conta, mas não deixe de engordá-la mensalmente.

Caso prefira, não use uma quantia específica, mas um teto que direcione a sempre reservar algo na poupança. Um ano depois, a recompensa maior não será o dinheiro armazenado, mas o esforço que foi exigido para mantê-lo lá!

Como economizar dinheiro após grandes gastos?

Se você passou o ano inteiro cultivando bons hábitos e tem uma vida financeira estável, não serão as festas de fim de ano que vão comprometer seu orçamento, certo? Nem sempre! As festividades e as grandes ações promocionais – como o black Friday – podem prejudicar o bolso de qualquer um que não tome o devido cuidado. Veja como não cair nessa armadilha a seguir.

Quite suas dívidas

Recebeu o décimo terceiro salário? Aproveite-o para quitar dívidas que estejam pendentes. Com um bom planejamento, será possível reservar uma parte dessa quantia para as compras de fim de ano e, quem sabe, até sobre para janeiro. A prioridade deve ser eliminar o que já existe, a fim de não comprometer as finanças posteriormente e começar o ano no vermelho.

Vai comprar? Pague à vista

Pagar à vista tende a ser mais vantajoso para o consumidor, porque sempre rende um desconto, mesmo que de 5%. Então, aproveite esse benefício e aposente o cartão de crédito por algumas semanas. Precisa fazer uma compra? Se for online, pague-a com PIX ou boleto. Se for presencial, pague à vista. É uma parcela a menos para se preocupar nos próximos meses!

Faça uma lista

A organização é uma das grandes aliadas do planejamento financeiro. Quando for às compras, faça uma lista do que precisa ser comprado a fim de evitar agir por impulso. Anote os nomes das pessoas que vai presentear, assim como as sugestões de presente, e procure nas lojas específicas após ter feito uma boa pesquisa. Isso vai fazer você economizar tempo e dinheiro.

A mesma dica vale para a ceia. Se for na sua casa, peça aos convidados que cada um traga um prato à sua escolha. Assim, a refeição se torna mais completa e diversa para todo mundo, e é uma oportunidade de gastar menos no supermercado. Se todos vão consumir, é justo que todos participem dessa forma.

Planeje-se

Quando temos menos tempo para resolver pendências, a tendência é que nem sempre as resolvamos por completo. Sabendo que o fim de ano é uma época mais corrida, não deixe para comprar o que precisa por último. Planeje-se para fazê-lo ainda em novembro ou no início de dezembro, quando as lojas não estão tão lotadas e é possível encontrar preços melhores.

Ao fazer as compras com antecedência, é provável que encontre uma maior variedade de produtos, que permita economizar mais e realizar compras mais certeiras. Por isso, reserve um tempo na agenda para sair com calma, sem comprometer outros compromissos.

Compre em janeiro

Não deu para comprar tudo que precisava antes das festas? Então, compre em janeiro! É possível que nas semanas seguintes as lojas iniciem suas queimas de estoque com o saldo do ano anterior e você consiga se beneficiar com o atraso.

Mas atenção! O ideal é não atrapalhar o orçamento dos próximos meses (que reservam seus próprios gastos), então, priorize o último mês do ano para comprar. Se não for possível, então certifique-se de que sua renda vai permitir novas despesas.

Vá sozinho

Crianças e adolescentes adoram a época de Natal, pois a associação da data a presentes é inevitável. Por isso, evite levá-las na hora de ir às compras. A tendência é que elas se tornem uma distração e leve você a fazer gastos extras. Se puder, vá sozinho e surpreenda-as com seus presentes apenas após a ceia.

Se você já está se programando para as compras de fim de ano, não deixe de passar no Iguatemi Fortaleza! São mais de 450 opções de lojas e quiosques, com marcas selecionadas e preços competitivos para enriquecer sua ceia e troca de presentes no Natal (ou em qualquer data festiva!).

Nossas dicas de como economizar dinheiro foram úteis para você? Assine nossa newsletter e tenha acesso a mais conteúdos como esse!