Guia completo: tudo sobre óculos de sol para cada tipo de rosto

Definir o óculos de sol para cada tipo de rosto pode ser um verdadeiro desafio. De fato, caso você não conheça o que favorece você e os modelos mais confortáveis, o processo tende a ser bastante demorado. Sem contar que existe a chance de levar para casa o formato inadequado, que pode ficar esquecido no fundo da gaveta.

A melhor forma de impedir que isso aconteça é entender os pontos do rosto que precisam ser realçados, os detalhes que tornam a peça harmoniosa e qual o objetivo de uso. Como resultado, fica mais simples encontrar um óculos de sol de qualidade, com foco na proteção UVA/UVB e sem deixar de lado o estilo e a elegância.

Quer saber mais? Veja este guia no qual mostramos os óculos de sol para cada tipo de rosto. Acompanhe!

Qual a importância de escolher o óculos ideal para seu tipo de rosto?

Encontrar o óculos de sol que combine conforto e beleza não é uma tarefa fácil. Afinal, são diversos fatores que precisam ser considerados para que tudo se ajuste perfeitamente. A armação, por exemplo, deve ir muito além da beleza estética e se adequar também ao seu estilo de maneira geral.

Outro ponto muito importante é que você precisa tirar o foco das tendências. Muitas vezes, um óculos de gatinho, em formato mais fino, pode até estar em todas as vitrines, mas se não combinar com o seu formato de rosto, dificilmente será usado com o passar do tempo. Então, vale muito mais a pena optar por modelos que tenham a ver com suas preferências e fiquem harmoniosos.

Quando usamos um óculos novo, acontece um processo natural de adaptação. Caso não esteja alinhado perfeitamente ao rosto, podem surgir dores atrás das orelhas e alguns outros incômodos que envolvem dores de cabeça e tensão muscular no pescoço. Sem contar que modelos com formatos pequenos demais podem fazer com que a proteção UVA/UVB fique comprometida, pela falta de alinhamento aos olhos.

Quais são os principais formatos de rosto?

Para acertar em cheio na escolha e criar uma coleção de óculos que tenha tudo a ver com seu estilo, garanta elegância e seja confortável, o primeiro passo é descobrir quais são os principais formatos de rostos. Assim, fica mais simples valorizar suas características e integrar o óculos de sol com toda a proposta da identidade visual.

Entretanto, a grande dificuldade está em definir seus próprios traços. Muitas pessoas acreditam que têm o rosto oval quando, na verdade, ele é redondo e assim por diante. Esse erro de percepção acontece porque o ângulo no qual se olha, às vezes, prega peças e o procedimento de identificação deve ser feito avaliando alguns fatores.

Veja, a seguir, os formatos de rosto!

Redondo

Apesar de ser muito confundido com o oval, o rosto redondo apresenta o queixo mais arredondado e as maçãs do rosto são a parte mais larga. Uma dica interessante é que um círculo pode ser desenhado quase perfeitamente em torno da face, o que facilita a identificação do formato. A atriz Kirsten Dunst é um exemplo de rosto redondo do cinema que consegue valorizar os detalhes muito bem.

Na maioria dos casos, transmite uma imagem com traços doces e infantis. O queixo também parece pequeno, por conta de os ângulos da face quase não terem definições. Vale lembrar de que o formato de rosto oval não tem nada a ver com ganho de peso, pois algumas pessoas costumam dizer erradamente que estão com a face redonda quando aumentam os números na balança.

Oval

Os ângulos são praticamente inexistentes nesse tipo de rosto. A testa costuma ser um pouco mais larga que o queixo e seu formato remete a um ovo de cabeça para baixo. Se trata de um dos formatos considerados mais harmoniosos esteticamente. Um dos exemplos é a cantora Beyoncé, que tem essas características com os ângulos suaves e delicados.

A largura do rosto, de modo geral, também se destaca por fazer com que a maioria dos cortes de cabelo fiquem harmoniosos. Também, é interessante destacar que essa facilidade acontece pela linha do cabelo, que tem o formato em arco, e a curva da mandíbula, que começa na altura da boca.

Quadrado

O rosto quadrado são retos nas laterais, a partir da linha da testa até a mandíbula. Nesse caso, a linha de largura tende a ser proporcional à do comprimento. A região do maxilar também se torna bastante acentuada, com a curva da mandíbula mais baixa e na mesma altura do queixo. Além disso, a testa é retangular.

Em muitas situações, o formato pode ser identificado rapidamente, por conta das linhas faciais que são retas e intensas. As linhas de largura e comprimento têm as mesmas dimensões, como é o caso do rosto de formato redondo. A melhor forma de destacar os traços é apostar em acessórios volumosos.

Coração

O formato de coração começa com a linha do comprimento maior que a linha da largura. Assim, o queixo é pontiagudo e faz parte do menor ponto do rosto. A testa e as maçãs da face costumam ser mais largas e com a largura semelhante. Já as linhas da região da mandíbula são longas e retas, mas afinam visualmente até chegar no queixo.

Em algumas descrições, o formato coração é associado a um triângulo invertido, no qual o queixo representa a ponta do triângulo. A dica, aqui, é evitar franjas e penteados que fiquem repartidos no meio da cabeça. O objetivo gira em torno de não deixar que as bochechas apareçam de forma muito protuberante.

Triangular

Também conhecido como rosto de formato de pera, o triangular apresenta uma mandíbula bem evidente e quadrada. Já as têmporas são profundas e a testa mais estreita e pequena. A parte de baixo da face é muito semelhante à do rosto quadrado, com a curva da mandíbula inferior à linha da boca.

Um ponto que se diferencia no triangular é a linha da maçã do rosto até a mandíbula, que é para fora. Ainda, existe o triangular invertido no qual a testa é larga e a mandíbula mais estreita. A curva da mandíbula surge praticamente imperceptível, pois se destaca uma linha contínua, que vai da maçã do rosto até o queixo. Um excelente exemplo é o rosto da cantora Madonna.

Retangular

O retangular é muito parecido com o rosto quadrado. Uma das poucas diferenças está em ser um pouco mais comprido. O queixo costuma ser projetado e o perfil mais reto. A apresentadora Fátima Bernardes e a atriz Eliane Giardini são ótimos exemplos do formato de rosto retangular e de como usar o visual para valorizar os traços.

As linhas laterais são retas e muito bem definidas, incluindo as linhas da mandíbula. A testa tem basicamente a mesma largura da mandíbula. No fim das contas, é justamente esse traço que deixa o rosto com um aspecto mais retangular. Logo, a melhor forma de escolher acessórios evolve tentar suavizar essas linhas, para tornar o rosto mais harmonioso.

Diamante

Esse formato de rosto tem como principal destaque as maçãs. Já a linha do comprimento se apresenta maior que a largura. Como resultado, a face fica com um aspecto mais pontiagudo. As bochechas são largas, enquanto a testa e o queixo mais estreitos. A musa do cinema Sophia Loren traz esses traços bem acentuados e é uma referência mundial de beleza para diferentes faixas etárias.

Longo

A linha de largura é menor que a do comprimento e isso não tem relação com o restante do formato do rosto. Pode ser triangular ou oval, mas o formato sempre é alongado na perspectiva geral. O objetivo na hora de encontrar acessórios ou, até mesmo, escolher os cortes de cabelo deve ser priorizar opções volumosas.

Uma dica bônus para quem sente dificuldade em definir qual o formato do rosto é usar alguns truques básicos. Prenda os cabelos e tire uma foto somente do rosto. Ao olhar a foto, imagine ou trace uma linha vertical, que divide o rosto e representa o comprimento. Então, trace outra linha horizontal para a largura.

Diante disso, basta comparar as medidas e interpretar o resultado conforme as descrições que apresentamos. Outra opção que permite encontrar seu formato de rosto é prender o cabelo em frente a um espelho com boa iluminação. Em seguida, mantenha-se imóvel e use um giz ou lápis de olho para desenhar o contorno do rosto colado ao espelho.

Como escolher a armação de óculos ideal para seu tipo de rosto?

A armação de óculos ideal deve ter alguns pontos, que são essenciais para que o modelo atenda às suas expectativas. O grande segredo é saber, antes de mais nada, como você pretende usar o óculos de sol. A função desse tipo de acessório em sua rotina influencia muito na decisão da armação, do tipo de lente e, até mesmo, do preço selecionado.

Pode ser um óculos para proteger os olhos durante as atividades físicas, compor os looks de trabalho, usar durante uma viagem, ser básico para o dia a dia ou em um formato especial com foco em pegar sol na praia. São tantas variações que, caso objetivo se enquadre em mais de um dos citados aqui, torna-se muito interessante comprar dois modelos.

Vale considerar que um óculos de sol vai além de um acessório que protege os olhos da luz. Na composição de um visual ou como peça essencial nas atividades, o acessório diz muito sobre seu estilo. Assim, ele deve sempre estar em conexão com a roupa usada e o formato do penteado, por exemplo.

Apoio correto

Em um momento de empolgação por modelos que ficam muito bem durante a prova na loja, existe a possibilidade de levar o modelo na empolgação e, na hora de inserir no dia a dia, a situação ser muito diferente por conta do desconforto. Por esse motivo, observe se a armação está bem posicionada nas orelhas e no nariz. Quando o quesito conforto é prioridade, observe se as lentes encostam muito nas bochechas. Esse tipo de cuidado é indispensável para que a armação não se torne pesada, conforme o tempo de uso avança.

Pressão nas têmporas

A pressão nas têmporas é outra questão que deve ser bem avaliada ao procurar pelos óculos de sol para cada tipo de rosto. Muitas vezes, mesmo testando o óculos por um longo período na loja, o incômodo surge somente depois de alguns dias de uso. Então, o mais importante é chegar na hora de comprar de olho em tudo que pode comprometer o conforto a longo prazo.

Teste de fixação

No momento de comprar o óculos, é muito bacana apostar em um teste de fixação. Imagine só se um óculos que vai ser usado para praticar corrida ficar caindo do rosto. Seria extremamente inconveniente, não é mesmo? Tendo isso em mente, lembre-se de ir sempre até a loja com tempo disponível e conversar com a pessoa que faz o atendimento, para que ela possa auxiliar nesse tipo de prova. Mova a cabeça com o óculos em diferentes direções e faça uma simulação de vários movimentos, para verificar se a armação fixou corretamente.

Quais são as principais armações que combinam com os tipos de rosto?

Encontrar a armação que combina com seu tipo de rosto é um pouco mais complexo que simplesmente colocar o óculos de sol e achar bonito. Ao avaliar todos esses fatores que citamos, o conforto e a beleza devem falar mais alto para que a armação realmente tenha um bom custo-benefício. Pesquise sobre as armações disponíveis no mercado para identificar a que mais se aproxima da utilidade que você imagina para o óculos de sol.

Conheça, abaixo, as principais armações:

  • redondas e ovais: verdadeiros clássicos, são tendências há bastante tempo e têm muita variedade no mercado, em formatos que suavizam o contorno do rosto;
  • gatinhos e borboletas: voltaram à moda nos últimos anos e são a cara de quem busca por um estilo único. A gatinho chama bastante atenção por ser ousada. Já a borboleta é mais sutil e elegante;
  • quadradas e retangulares: com design discreto e bastante simples, combinam com tudo e são bastante versáteis. Praticamente, todas as marcas têm uma vasta gama de opções dos modelos, conforme as necessidades de cada compra;
  • aviador: conhecidas como as queridinhas de muitas pessoas, são modelos atemporais, com armações que trazem estilo e jovialidade.

A primeira etapa ao escolher o estilo do óculos de sol é identificar o formato do rosto. Feito isso, procure por armações que se encaixam com o objetivo da compra e pesquise sobre a que mais ficará harmoniosa no resultado. Somente assim, será possível investir em uma peça que seja atemporal, estilosa, confortável e durável.

Rosto redondo

As armações mais indicadas para os rostos redondos são em formato quadrado ou retangular. Isso porque o modelo é mais reto e isso ajuda a tornar o aspecto do rosto mais fino, especialmente quando a escolha gira em torno de formatos geométricos. Um detalhe importante é que o óculos não pode ser mais largo do que o rosto. O ideal é que se assemelhe ao contorno natural da face, com foco em ampliar os traços.

Rosto oval

O formato permite ousar mais quando se trata de óculos de sol e se encaixa bem com vários modelos de armações. Na prática, combina bem com as ovais e as retangulares. O melhor caminho envolve optar por modelos mais largos que o rosto. O que se deve evitar é as que se assemelham ao formato do maxilar e as que apresentam as pernas baixas.

Rosto quadrado

Como o rosto quadrado já tem traços que se destacam bastante, priorize armações com contornos em formato retangular ou mais arredondados. Já os óculos retos ajudam a acentuar o rosto e costumam pesar no visual.

Rosto coração

Combinam com opções que são grandes na parte de baixo ou que tenham algum detalhe. O segredo, aqui, é que a armação seja mais extensa que a testa, para que consiga ficar harmoniosa. Evite as opções que tenham o inferior mais baixo ou que escodam a parte superior das bochechas. Os que mais favorecem são os contornos estreitos, por conta da percepção de aumentar o maxilar.

Rosto triangular

Os modelos mais indicados para o rosto triangular são os óculos de armação redonda. No entanto, as armações que tenham um formato aproximado também costumam cair muito bem e ficam estilosas. Observe as laterais das armações, que precisam ser mais arredondadas, com a ideia de suavizar as o contorno facial.

Rosto retangular

O ideal é encontrar o equilibro entre as partes superiores e inferiores do rosto. Assim, opte por armações redondas, com detalhes ovais e estreitas nas extremidades. O toque especial, no fim das contas, é considerar que o óculos não seja mais acentuado que a parte mais protuberante do rosto.

Rosto diamante

Com o rosto diamante combinam as armações redondas que tenham, inclusive, as laterais bem arredondas. Outra opção são os óculos com a parte de baixo ovalada, como o tradicional aviador, que se encaixa muito bem em qualquer ocasião.

Rosto longo

Os mais indicados para quem tem rosto longo são os óculos quadrados. As opções tendem a criar um visual bastante discreto, que pode ser adaptado conforme a ocasião para qual o óculos de sol é pensado na hora da compra.

Como combinar as cores da armação com seu estilo?

Outra dúvida muito comum no momento de escolher um óculos de sol adequado é como incluir o acessório em um visual harmonioso, conforme as cores da armação. De acordo com as técnicas do visagismo, a paleta de cores de cada pessoa também deve ser considerada no momento de tomar essas decisões estéticas, como escolha de óculos, cor dos cabelos, tons de roupas e maquiagens.

Por conta disso, se torna importante ter uma noção básica de como combinar essas tonalidades com seu estilo. A cor da pele é o primeiro ponto avaliado na hora de criar um visual harmonioso, de maneira geral. Cores intensas, como laranja, azul, amarelo e vermelho tendem a ficar melhor em quem tem a pele clara.

Já as pessoas de pele morena podem optar por armações em tons de laranja e rosa, que fazem um contraste muito bacana. As paletas que focam em tons de branco, verde ou marrom combinam bastante com a pele negra. Agora, quando o assunto é combinar a cor do óculos com a roupa, uma bolsa ou qualquer detalhe do look, vale lembrar de que as lentes também podem ser coloridas, em uma proposta moderna e jovial.

Por que é importante considerar a proteção UVA/UVB?

Além de serem acessórios muito bonitos e que trazem toda uma personalidade ao visual, os óculos escuros são importantes para preservar a saúde dos olhos. A lógica, aqui, funciona da mesma maneira que proteger a pele das radiações solares e evitar uma série de problemas de saúde e agressões severas.

O que acontece é que o uso de óculos de sol provoca a dilatação da pupila, por conta da penumbra gerada pelas lentes escuras. Caso elas não tenham proteção contra os raios UVA/UVB, as agressões do sol alcançam o tecido da retina e existem chances de causar dano celular acumulativo e, em alguns casos, irreversível.

Qual a importância de adquirir produtos de qualidade?

O óculos de sol é um acessório indispensável, porém, escolher produtos de qualidade é uma forma de cuidar da sua saúde, investir bem o seu dinheiro e viver experiências de compra satisfatórias. Em função disso, procure por lojas de confiança na hora de escolher um óculos de sol.

Considere todos os detalhes citados, mas lembre-se de que de nada adianta escolher um produto esteticamente bonito que não tenha a proteção UVA/UVB adequada. Então, coloque esse quesito como prioridade, fique de olho na garantia oferecida e nas especificações do fabricante, que devem ser bastante claras em relação às suas funcionalidades.

Pronto! Agora, ficou claro quais as opções de óculos de sol para cada tipo de rosto. Vale dizer que exceto a qualidade do produto e a proteção UVA/UVB, não existem regras absolutas. Essas se tratam de recomendações de estilo e, principalmente, de conforto, que ajudam a se adaptar ao modelo escolhido e a usá-lo conforme as suas necessidades.

Gostou das informações do artigo? Então, compartilhe em suas redes sociais para que seus amigos também fiquem por dentro e saibam escolher o óculos ideal.