Nas compras acima de R$150, ganhe um ingresso de cinema para o UCI Iguatemi

Com vocês: o fim do mês

Não sou coach, certo? Esse é um ponto. Nada contra, mas queria dizer antes que você espere respostas. Meu papel, na verdade, é sempre fazer perguntas. Então venho com a primeira: o que significa pra você o virar de um mês? 

Não é possível que a única coisa que mude por aí é a chegada dos boletos, e o cair do salário na sua conta. Queda não, né? Um passo de dança. Aquela às vezes pequena injeção no extrato que faz o cansaço valer a pena. 

Penso na virada de um mês quase como um pequeno réveillon, uma verdadeira oportunidade. O nome no calendário muda e muda com ele também as datas que esperamos, as referências que temos de eventos familiares, aniversários, ou acontecimentos universais. Me diga se isso é ou não é uma oportunidade de renovar a energia? 

Aqui queria apresentar uma série de costumes (uns pagãos, outros cristãos, outros nem um nem outro) que podem melhorar a vida. Bora aproveitar a chegada de setembro? 

  1. Pensar sobre o mês que passou: nada melhor pra tomar uma decisão sobre o futuro breve que analisar o passado imediato. O que deu errado? Dessas coisas todas, o que você pode fazer para evitar que aconteçam de novo?
  2. Fazer listas para os próximos dias. Metas, desejos, tudo registrado mesmo que não vá acontecer. Vá por mim.
  3. Imprimir um calendário. Tem vários grátis na internet e várias empresas de papelaria que fazem. Eu não sou muito virtual, então digo pra imprimir. Mas se você consegue visualizar sua vida numa tela, vale também. Quem faz aniversário? Que tal marcar um almoço especial ou um compromisso semanal consigo mesmo? 
  4. Agora uma dica pouco ortodoxa. Que tal tomar um banho especial de renovação? Pode ser com um monte de cosmético comprado ou algo mais natural: um punhado de boldo fresco, abafado por 3 minutos em água recém-fervida, faz milagre. E não é nada místico, não. É uma propriedade da erva, mesmo. É científico. Quer ver pesquise. 🙂 o banheiro fica cheiroso, e você se sente envolvo por uma mata fresca. Tenho a impressão de sair até mais jovem do banheiro. 
  5. Como a gente vive num estado em que é verão o ano (quase) inteiro e ainda chamamos a estação chuvosa de inverno (direito nosso), sugiro se manter a par de outros pequenos marcos. Qual o mês de sua fruta favorita crescer? E aquela árvore da frente de casa? Em que época ela flora? Observar o vento, as fases da lua, o céu, a maré… isso pode obrar milagres. Vá por mim. Do contrário, a vida passa na nossa frente e em 5 minutos estamos velhos, doentes ou mortos. 


Voilà. 

Será que setembro já pode chegar?